Recomeçar
Crônicas

Recomeçar

A linha editorial do blog foi definida especificamente com esta palavra: Recomeçar. Isso atinge exatamente aquilo que você quiser na sua vida, no meu caso, é um projeto. Como a vida é bandida e dá umas voltas na gente de vez em quando, é preciso estar atento e forte. Vamos lá.


Eis que em 2016 eu me encontrei totalmente perdida e desconectada de mim. Grandes perdas fazem isso com a gente. Quando elas tem a ver com doenças que demoram para levar a pessoa querida, elas fazem ainda mais. Porque você passará por vários lutos, como eu passei. A saber:

Deixar de ser quem você é


Esqueça agenda, planos e compromissos, sonhos e aspirações. Alguns deles podem até vir a acontecer, mas a verdade é que tudo será deixado de lado e a vida a seguir é encarar o seguinte fato: você é a mãe agora, ela é a filha. Você não ficou grávida, não teve tempo de pensar sobre o assunto, de fazer um ninho e nem sequer chocou ou pariu. No entanto, lá está esta pessoa doente que você ama mais que tudo e que, agora, depende exclusivamente de você. Sua rotina e prioridades com certeza mudam.

Fazer o que for preciso


Depois de um tempo as dúvidas comuns à novos pais são substituídas por rituais, rotinas. Consultas, tratamentos, alimentação e todo o tipo de cuidados básicos. Não podemos esquecer as contas, limpeza e organização da casa. Se antes você tinha tarefas, fazia apenas a sua parte, agora é tudo com você.

Talvez sua mãe tenha te explicado sobre as finanças da casa, sobre como descongelar direito os alimentos e prepará-los, talvez não. Uma parte importante do tratamento de câncer é a nutrição. Ela deve ser feita com acompanhamento de um profissional qualificado e com certeza é uma poderosa aliada na batalha.  Pode ser que você já conheça as regras de ouro desta etapa, mas provavelmente, como eu, não conhece.


Nenhum problema ou imprevisto será maior do que a determinação de fazer exatamente tudo o que pessoa precisa para ficar bem. Porque bem, mesmo, ela não vai ficar. Não porque você pagou as contas, carregou ela no colo, deu banho e não esqueceu de comer o seu próprio jantar. Não. Bem ela só ficara com acompanhamento médico, tratamentos, carinho e, talvez, um milagre. Nada disso te comove, você fará todas as tarefas com amor, fé e um pouco de cansaço de vez em quando.

Transformar-se

Dia a dia, os seus sonhos já não são os mesmos, os gostos e vontades, o ritmo. Tudo muda em função da experiência, negativa ou positiva. Três coisas são certas. 1) Você vai conseguir, mas 2) Você vai mudar e 3) conseguir sair do outro lado. 


Independente do resultado final, ganhando ou perdendo a batalha, você já conseguiu. Você sobreviveu não importa quão difícil tenha sido. Lá está você… Mas não é bem você, não é mesmo? É uma pessoa diferente, que tem que voltar para uma vida que não combina mais com quem você é, e sim com quem você era. Perceber que você mudou e aceitar que talvez você não queira mais as mesmas coisas, e tudo bem, é o grande pulo do gato. 

Ficar Perdida

Caso você tenha a opção de não retomar o antigo emprego, cargo, curso, é provável que você o faça. Não quer dizer para sempre, mas o melhor às vezes é dar tempo ao tempo, curar as feridas e pôr a cabeça no lugar.Respeite que alguns amigos e vícios não fazem mais sentido. Alguns hobbies não tem mais graça. As prioridades são outras. As dores também.

Chore de soluçar no meio da rua se sofreu uma perda, ou pelo medo que sentiu, pela solidão que tomou conta. Não sinta vergonha, você fez o que pode e ninguém tem nada com isso: quer dizer que você amou profundamente e foi amada. E fodam-se os outros.O presente mais valioso aqui é o tempo. É se permitir. Fazer coisas que só tenham sentido para você, porquê ninguém mais sabe o que vocês passaram juntas, daquele dia ou daquelas coisas. 

Se numa vitrine tiver um elástico de cabelo de personagem de desenho de criança igual ao que uma enfermeira usava quando teve de amarrar sua mãe na maca para que ela, tão frágil e pequena quanto uma criança de fato, não se machucasse, tudo bem. Chore e não explique a ninguém porque. Não é da conta deles. Compre e queime o elástico em segredo, ou na cara de todo mundo. Só não ponha fogo na casa junto, porque você já estará mesmo queimando.

Recomeçar

Só você vai saber o tempo certo. Quando a coceira começar a bater. É aí que idéias saudáveis vão bater a porta. Elas podem parecer loucuras para seus antigos amigos, namorados ou parentes, mas fazem sentido para você? Vá em frente. E tudo bem se der de cara na parede, você é forte e já passou por tanta coisa pior que isso. Se a sua cabeça já está minimamente no lugar, saia do seu casulo e comece a tentar. Antes disso tudo, era preciso tentar para conseguir, e agora isso não é diferente, só você. 

Então não, não desista se errar, se ferrar! Se até a moça do google maps deixa claro descaradamente que o motorista errou, fez merda e se perdeu, escancara para quem quiser ouvir: Recalculando rotas!, porque você não pode recomeçar? Isso não pode, realmente, ser pior do que ver a pessoa que mais te amou na vida, literalmente definhar diante dos seus olhos, sem que você pudesse fazer parar, pode?

Vista-se de rosa e sorria para as pessoas, enquanto se imagina tendo um ataque e enfiando a porrada em todo mundo. Tudo bem. Vai passar. Como diria a Rafa Capai, comece de onde você está, com o que você tem, fazendo o melhor que você pode naquele momento, e tudo bem se for uma droga, porque você sempre pode aprender e melhor, e o objetivo é apenas dizer pro universo que aí vai você.


E pular.


A atriz Keira Knightley com um violão na mão, com a letra da música "A Step You Can't Take Back" que diz "Are you ready for the last act? To take a step you can't take back, back, back."


Espero que este texto tenha te ajudado, caso você esteja nesta fase! Independente do seu projeto, 2019 já está quase aí, me conta o que você já pensa em começar ou recomeçar em dois meses e vem comigo!

Beijos,
mila

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *